3 de fev de 2007

A queridinha dos críticos

É só surgir uma eleição para os melhores de São Paulo que a Häagen-Dazs vai lá e ganha na categoria sorveteria. No guia da Veja, só pra exemplificar, ganhou nada menos que nos últimos seis anos. Para tirar a história a limpo, fomos numa tarde típica de verão até a principal unidade da rede americana na cidade, situada na rua Oscar Freire.

De frente para o balcão tivemos a nítida sensação de que o melhor a fazer era escolher rápido para não corrermos o risco de sermos atropelados pela fila que não parava de aumentar. Saímos com chocolate belga e sorbet de amora. Ambos nos pareceram doces demais (e olha que para a Débora dizer que algo está doce precisa ter muito, mais muito açúcar mesmo!), fato estranho pois qualquer belga costuma dizer que um bom chocolate é composto por alta concentração de cacau e pouco açúcar.
Mais refrescante, o sorbet combinou melhor com o forte calor. O tempo quente deve ter alterado a consistência dos sorvetes, exageradamente cremosos. Outra decepção, talvez a maior delas, tivemos ao ver a quantidade servida, irrisória pelo preço cobrado.
Quanto ao público freqüentador, o perfil é o mesmo que se vê nas famosas grifes de roupas vizinhas à sorveteria: mulheres da elite paulistana desfilando as tendências do mundo fashion, geralmente acompanhadas por homens que não dispensam uma camisa social mesmo em fins de semana de calor escaldante.
Longe de ser desprezível, porém mais longe ainda de ter o melhor sorvete de São Paulo.

Häagen-Dazs: R. Oscar Freire, 900 – Jardins – São Paulo – SP Telefone: (11) 3062-1099 – Site: www.haagendazs.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails