15 de out de 2007

O árabe clássico

Desde o nascimento do blog temos vontade de fazer um especial sobre os restaurantes dignos de nota do Centro de São Paulo. Depois que conhecemos esse excelente blog onde o Tony escreve dicas turísticas sobre a cidade, nos empolgamos ainda mais com a idéia. Porém, apesar de parecer simples, concretizá-la não é tão fácil – pelo menos não em uma seqüência de posts –, pois é preciso tempo para dedicar nossos almejados finais de semana a esse roteiro. E dinheiro para gastar nos bons estabelecimentos, que nem sempre são baratos.
Por isso aproveitamos a última visita ao centro velho para dar um pulinho na unidade mais antiga do Almanara, tradicional restaurante árabe muito apreciado pelos paulistanos.
A filial do centro tem algumas diferenças. A primeira delas é que a decoração não é moderna como a das outras unidades, que ficam em alguns dos maiores shoppings da capital. O restaurante mantém os móveis e o estilo da época em que foi inaugurado, em 1950.



Impossível não sentir o efeito “túnel do tempo”. A outra diferença é que além dos pratos à la carte, existe a maravilhosa opção do rodízio: R$ 35,70 por pessoa e as melhores comidas da casa à vontade.
Pra começar, homus, baba ganoush, coalhada seca, pão sírio e uma simpática saladinha de folhas verdes.


Na seqüência, a apetitosa sfiha de carne.

Quibe cru, tabule e quibe frito deram continuidade ao nosso rodízio.


Depois foi a vez dos tradicionais charutinhos de folha de uva.


Nesse momento nossos estômagos sinalizavam que logo seria hora de parar de comer. Mas conseguimos prosseguir e provar a abobrinha recheada e a kafta no espeto.


Ambas ótimas e macias, cozidas no tempo certo.
O espetinho de frango seria a última delícia do almoço, mas esse nós recusamos para não ocupar o espaço previamente reservado para a sobremesa. Afinal, deixar pra trás um sorvete tão inusitado como o de miski (R$ 7,30) definitivamente não combina com a gente.

Sugestão do chef: dessa vez a dica vai ficar para o próximo post...

Almanara: Rua Basílio da Gama, 70 – Centro – São Paulo – SP
Tel.: 3257-7580

14 comentários:

  1. Caramba, não é que acabamos esquecendo que existe um Almanara lá no Centro ? Com esse negócio de shoppings e Jardins, não lembramos mais daqueles tempos de ¨outrora¨( e pelo visto o Almamara continua nestes tempos). Muito bom o post!
    Vocês já foram ao novo Salve Jorge ?

    ResponderExcluir
  2. nem posso olhar muito essas fotos de kibe e sfirra, pra nao desfalecer! ;-)

    comi com a minha irma no almanara de um shopping em Campinas, porque eu sempre tenho que comer essas gostosuras libanesas. eh um must pra mim.

    beijoo,

    ResponderExcluir
  3. Mas que maravilha!!!

    Uau galera, mandarma muito bem...

    Arabian food é tudo a ver!!!

    ResponderExcluir
  4. Meninos, que coincidência...estive lá há alguns domingos atrás. Ia até fazer um post, mas acabou ficando atrasado, hehe...
    É uma delícia, não? O ambiente é mesmo como voltar ao centro antigo e está super bem conservado. Fora que o buffet é uma perdição...
    Já para sobremesa em casa árabe eu nunca tenho muita criatividade: é sempre um ataif (e se tiver de nata, melhor ainda!).
    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Comida Arabe me agrada muito!

    Deu fome!

    Gosto do kibe cozido na coalhada e que não é tão fácil de achar.

    E o sorvete? Qual é o gosto? Enjoativo?

    ResponderExcluir
  6. Eduardo:
    já fomos no Salve Jorge, sim. Fizemos até um post sobre o almoço executivo. Mas o bom lá é mesmo o happy hour com direito a porção de galeto a passarinho, que vem acompanhado de um ótimo molho de alho.

    Fezoca:
    esse tipo de comida também nos persegue. Mas nós nem tentamos fugir...

    Diogo:
    restaurantes árabes sempre valem o ingresso.

    Emilia:
    coincidência mesmo. Pena que depois de comer tanto não aguentamos um ataif.

    Rodrigo:
    Kibe cozido na coalhada? Caramba, onde tem isso?
    O sorvete de misk não é enjoativo, pelo contrário, é bem leve. Só um pouco doce, mas muito bom. Difícil dizer com o que parece.

    Abraço,

    Fernando

    ResponderExcluir
  7. Rodrigo, eu sou formiguinha e para mim, o sorvete não é muito doce, não! rs
    O gosto é parecido com o da erva-cidreira (capim santo em algumas regiões). Eu acho muito gostoso.
    E esse kibe cozido na coalhada eu nunca vi, mas só de imaginar estou salivando...
    Abraços,
    Débora

    ResponderExcluir
  8. Meninos, vocês podem comer um belo quibe na coalhada no Miski, que fica no finalzinho da Joaquim Eugênio de Lima. Não percam também o quibe de peixe de lá, uma delícia...e o chichbarak também é bom (aquele capeletinho na coalhada).
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Emília, muito obrigado pela dica. O Miski já estava na nossa lista pois soubemos que o kibe de peixe que eles servem é imperdível, mas não sabíamos que tinha kibe na coalhada. Claro que vamos experimentar os dois!
    Abraços,
    Fernando e Débora

    ResponderExcluir
  10. Nossa você fez um comentário em meu blog e eu vim aqui fazer uma visita ao teu, na hora não estava com tempo de fazer comentário ou salvar teu blog em meus favoritos, mas apaixonei por ele. Hoje fui lá no meu blog procurar o comentário para lhe fazer nova visita, eu não sei se eu recusei o comentário sem querer ou perdi mesmo onde você postou. Ai fiz uma verdadeira via sacra pra descobrir teu blog, pois amei este blog. Adoro dicas como estas que você dá. Bem agora que eu te achei vai correndo para meus favoritos!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Nani, bom saber que você gostou do brincando de chef, volte sempre!
    Nós também gostamos do seu blog e anotamos várias receitas.
    Abraços,
    Débora e Fernando

    ResponderExcluir
  12. Queridos Gourmands:

    O Roteiro Gastronômico da Bottarga DiMuggine Lefkas agora acontece em SP .
    Os maiores Chef's da Gastronomia Nacional estão preparando pratos exclusivos com esta "Jóia Brasileira" e segue abaixo a relação dos restaurantes.

    L´Hotel Trebbiano - Chef Ronaldo Gomes http://www.mbbfoodservice.com.br/menu_chef/menuchef_vol_16.pdf
    Terraço Itália - Chef Giancarlo Marcheggiani http://www.terracoitalia.com.br/
    Zafferano Restaurante - Chef Pedro Mullon Mataro http://www.abracohr.com.br/informativo/edicao9/entrevista/entrevista.html
    Boa Bistrô & Bem Estar - Chef Thalita Barros http://www.guiadasemana.com.br/detail.asp?ID=2&cd_place=13167
    Ilha das Flores - Chef Felipe Doval
    Cantaloup Restaurant - Chef Renato H. Carioni http://www.cantaloup.com.br/
    Le Coq Hardy Restaurant - Chef Pascal Valero http://www.restaurantelecoqhardy.com.br/
    Restaurante Supra - Chef Mauro de Medeiros Maia http://www.resupra.com.br/
    Escola das Artes Culinárias - Chef Laurent Suaudeau http://laurent.com.br/index.asp
    D.O.M. Restaurante - Chef Alex Atala http://www.domrestaurante.com.br/
    Fasano Restaurantes - Chef Salvatore Loi http://www.guiadasemana.com.br/detail.asp?ID=2&cd_place=458
    Skye Restaurante - Chef Emmanuel Bassoleil http://www.skye.com.br/
    La Tambouille - Chef Giancarlo Bolla http://www.guiadasemana.com.br/detail.asp?ID=2&cd_place=658
    Emiliano Restaurante - Chef José Barattino http://www.emiliano.com.br/
    Casa da Fazenda - Chef Vincenzo Vessichio http://www.casadafazenda.com.br/
    All Seasons - Chef Christophe Besse http://www.restauranteallseasons.com.br/index.htm
    Jun Sakamoto - Chef Jun Sakamoto http://www.guiadasemana.com.br/detail.asp?ID=2&cd_place=583
    Allez Allez! Restaurant - Chef Luiz Emanuel http://www.guiadasemana.com.br/detail.asp?ID=2&cd_place=20953
    Kinoshita Kappo Cuisine – Chef Tsuyoshi Murakami http://www.restaurantekinoshita.com.br/
    Piove Restaurante - Chef Volmar Zocche http://www.lhotel.com.br/
    L' atellier - Chef Michel Darqué http://www.guiadasemana.com.br/detail.asp?/L%C2%B4Atelier/GASTRONOMIA/SAO_PAULO/&a=1&ID=2&cd_place=65403&cd_city=1&FORD=1
    Alameda Casa Rosa - Chef Alex Floyd http://www.alamedacasarosa.com.br/home.htm
    Dado Bier - Chef Mauricio Fonticciela http://www.dadobier.com.br/
    Restaurante Copacabana - Marcelo -. Biaggio – Melissa http://www.restcopacabana.com.br/
    -Desfrutem! Um abraço carinhoso para todos. Gab

    ResponderExcluir
  13. Débora, vcs me deixaram com saudades de comida árabe (brasileira)...

    ResponderExcluir
  14. Lembro que meus padrinhos me levavam ao restaurante do centro. Parece que não mudou nada!
    bjo,
    Nina (Gourmandise).

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails