8 de out de 2007

A festa no Brooklin

Chegamos à Brooklin Fest e fomos direto procurar a barraca do frigorífico Berna.

Parados na fila, tentávamos diluir a dúvida: salsichão grelhado de carne suína (schüblig), de carne bovina (cervela) ou de vitela (kalbsbratwurst)? Ficamos com o último, sem razão para arrependimentos. Os primeiros R$ 5 tinham sido bem gastos.

Impaciente por não ter um copo de cerveja em minhas mãos, fui logo procurar pela nobre bebida. Tive de me contentar com um chopp Ashby (R$ 3), já que novamente não houve oferta de cervejas alemãs, o que seria condizente com o espírito do evento.

O jeito era buscar mais opções para forrar o estômago. Depois de paquerarmos as batatas suíças e admirarmos os joelhos de porco sendo assados – cena que o Rodrigo Purisch iria gostar – decidimos ir até a taberna alemã Zur Alten Mühle, situada em uma das ruas fechadas para a festa.

No ambiente a madeira escura prevalece e a decoração é complementada por latinhas e bolachas de cerveja dos mais diversos países.


Enquanto bebíamos uma Krombacher (R$ 13,30) – cerveja mais vendida na Alemanha – pedimos uma porção de bouletten, que parece ser a especialidade do lugar.

São 12 gostosos bolinhos fritos de carne moída bem condimentada (R$ 20,90). Para acompanhar, uma boa salada de batata por apenas R$ 4.

A casa serve também clássicos da cozinha alemã, como paprika schinitzel (R$ 35,50) e weisswurst (R$ 34) – lingüiça branca com chucrute e batata soutê. Porém, dessa vez resolvemos ficar só nos bolinhos.
Antes da volta para a rua, encerramos a refeição com uma dose de Jagermeister (R$ 5,80), um licor de ervas que, segundo a Débora, tem gosto de remédio, opinião da qual eu não discordo totalmente.

De volta à festa, a Débora insistia que precisava de um doce para tirar o gosto do licor. Tentamos resolver o problema na barraca mais próxima, a de churros.

Mas, apesar da boa aparência, o sabor da guloseima não nos agradou. Quem manda se acostumar aos doces de leite argentinos...
Partimos, então, para degustar umas geléias e depois olhar os bichinhos de estimação que o Clube das Pulgas levou para adoção. A Débora, que é louca por animais, especialmente os gatos, quase ficou por lá o resto do dia.



Ela só resolveu sair mesmo quando a vitrine de uma loja de sapatos “chamou por ela” – apesar de eu não ter escutado.
Muitos minutos depois, foi a vez de olharmos as roupas e os artesanatos vendidos na Brooklin Fest.


Nesse momento percebemos que nem todos entendem o clima de uma festa de rua. Exemplo disso foi dado por uma expositora de enfeites, que fez questão de impedir que fotografássemos sua barraca, apesar de não conseguir explicar o porquê.
Mas se bom humor era recurso escasso para alguns, sobrava para outros. Sobretudo para o pessoal da Sociedade Beneficente Equilíbrio de Interlagos (Sobei), entidade que assiste mais de 3 mil crianças carentes.

Logo que um de seus sorridentes representantes nos viu fotografando os banners e escrevendo no caderninho, prontamente trouxe um informativo e nos disse: “Tudo o que vocês precisam saber está aí, não terão mais trabalho”. A Sobei participou da festa servindo refeições alemãs, e todo o valor arrecadado foi destinado para o trabalho assistencial.
Antes de ir embora, compramos pães típicos da Alemanha na barraca do Club Trasatlântico. O pão kümmel era vendido por R$ 5, já o pacote com três brezels ficava por R$ 7,50.

Nos despedimos vendo a apresentação de um grupo de dança tradicional.


E saímos com a certeza de que voltaremos na festa do ano que vem, mesmo sem as cervejas alemãs. Mas bem que elas poderiam estar lá...

Sugestão do chef: um dos participantes da festa, o Club Transatlântico, promove no dia 20 de outubro seu Oktoberfest. O evento será das 12:00 às 22:00 com ingressos de R$ 20 para sócios e R$ 30 para não-sócios. Para mais informações: Tel.: (11) 2133-8600 ou site: http://www.clubtransatlantico.com.br/

Zur Alten Mühle: Rua Princesa Isabel, 102
Brooklin – São Paulo – SP – Tel.: (11) 5044-4669

10 comentários:

  1. "Fest" sem cerveja alemã??? O Fernando que não deve ter gostado nem um pouco!

    ResponderExcluir
  2. E eu acabei indo no domingo... tava gostoso mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do assador de eisbein. Nunca tinha visto um desses!

    Legal a organização da Sobei.

    Concordo com o Tony, faltou a cerveja alemã! Tinha que ter um solvente a altura para disolver as gordurinhas...

    ResponderExcluir
  4. Débora,

    parece que os homens têm problema de audição e não conseguem ouvir o "chamado das vitrines de sapatos"... "Eles" sempre me chamam, querem ser provados, levados para casa, tratados com carinho... Fernando, só não vale lembrar a Débora que não somos polvos e temos só dois pés ! Já anotamos a festa para o próximo ano. ;-)

    ResponderExcluir
  5. Show galera... legal mesmo!

    Mas esse lance da cerveja me deixou curioso tbm...

    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Tony, eu acho que o Fernando desconfiava que as cervejas alemãs não estariam no evento, mas ele ficou bastante decepcionado mesmo assim. Só se alegrou depois que bebeu a Krombacher na taberna :)

    Ligia, podia ter me ligado!!!

    Rodrigo, é impressionante o tamanho desse assador e a quantidade de joelhos sendo assados!

    Cecília, se os homens não escutam tudo bem, o importante é que os ouvidos femininos são treinados para esse tipo de chamado! rs

    Diogo, vamos torcer para que no próximo ano a organização da festa avalie esse lance da cerveja alemã.

    Beijos,
    Débora

    ResponderExcluir
  7. Queríamos muito ter ido, mas não tivemos tempo...
    Meus pais foram sábado e comeram no Sobei. Disseram que os pratos eram imensos!
    Vou esperar até o ano que vem...
    abs,
    Nina.
    P.S. Fernando, o Marcel tbm não escuta, mas juro (!) que vitrines de sapatos nos chamam: venha olhar Nina, não precisa comprar, mas venha olhar...venha, venha....

    ResponderExcluir
  8. Nina,

    Pelo jeito essas vitrines são mesmo insistentes!

    abs,

    Fernando

    ResponderExcluir
  9. Jorge Bernardes13/10/07 02:31

    Puxa, perdi um programão e pertinho de casa!

    ResponderExcluir
  10. Hola Debora!!!!que pena que no les gusto el Churro,pero por lo que veo en la foto del churro, lo estas comiendo mal.Tambien el churro es mas oscuro,y el dulce de leche viene dentro del churro y no afuera.
    Mucha suerte!!!!
    David

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails