6 de jun de 2008

De passagem por Itatiba

Recentemente tivemos um compromisso na cidade de Itatiba e na busca por um lugar para almoçar, encontramos o Casarão 1859. Soubemos dele por indicação de alguns moradores que nos contaram existir na praça da cidade um restaurante que funcionava em um casarão antigo e servia comida simples, mas muito gostosa.
Quando chegamos ao endereço e vimos o local, não tivemos dúvida de que realmente seria uma boa opção. A porta enorme e as janelonas logo nos encantaram.


O interior é amplo, iluminado e arejado. A decoração é rústica, porém bastante simpática.

Os lustres chamaram nossa atenção, e olha que o teto é bem alto.

Não pretendíamos escrever sobre ele, por se tratar de um restaurante que funciona no sistema de comida por quilo, em que se paga conforme a quantidade colocada no prato. Restaurantes assim, normalmente, não apresentam grandes atrativos e nem costumam mudar muito de uma região para outra. Mas quando vimos o capricho e a variedade dos pratos, mudamos de idéia. Boa parte deles era bem diferente da comida trivial que costuma aparecer nesse tipo de restaurante. Vale destacar o risoto de camarão com alho-poró, o lombo com abacaxi, o tambaqui com champignon e ervas finas e o suflê de palmito. Todos bem executados e saborosos.


A parte boa dos restaurantes por quilo é poder experimentar um pouco de tudo sem pagar muito. O valor cobrado no Casarão 1859 é R$ 24,90 por quilo. Cada um de nós pagou em torno de R$ 14.

Sugestão do chef: à noite o restaurante serve pratos à la carte e também funciona como bar. A parte externa é a mais bacana pra bebericar um chope.


Casarão 1859: Rua Florêncio Pupo, 306 - Centro – Itatiba – São Paulo – SP. Tel. (011) 4524-7506

3 comentários:

  1. Que bacana esse lugar! Itatiba é pequena, mas simpática, não?

    ResponderExcluir
  2. O lugar parece ser ótimo mesmo. Adorei o casarão e o pé direito alto. E bem acessível né.
    Abraços
    Diego

    ResponderExcluir
  3. Emília, não deu tempo de conhcer Itatiba, precisamos voltar com mais calma.

    Diego, se o casarão não fosse tão bonito provavelmente o restaurante nem teria chamado nossa atenção.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails