13 de abr de 2010

Post refrescante

Um dos desejos que levamos na bagagem era o de comprovar a boa fama dos sorvetes argentinos.
Já no primeiro dia, enquanto passeávamos por San Telmo, vimos uma filial da Freddo e resolvemos entrar. Claro que a nossa estréia no universo dos gelados deveria ser regada com o espetacular doce de leite daquela terra. Cada um de nós optou pelo copo de dois sabores (15 pesos). Doce de Leite Clásico, Doce de Leite Tentação – com o sorvete misturado a pedaços do doce bem cremoso –, Creme de Frutos do Bosque e Canela foram nossos pedidos. Todas as opções tinham sabores bem definidos, mas o Doce de Leite Tentação foi, de longe, o que preferimos. Simplesmente maravilhoso.

Em uma outra tarde, passeávamos pelo bairo da Recoleta e paramos na Un'Altra Volta. De ótimo custo-benefício, a casquinha pequena, que serve dois sabores, custa 11 pesos. Dessa vez ficamos interessados em experimentar alguma versão feita com frutas. Gostamos bastante do Sorbet de Manga com Laranja. O de Limão também estava saboroso, mas foi servido em grande quantidade e quase não sobrou espaço na casquinha para o ótimo Doce de Leite com Brownie. Achamos excelente também o Chocolate Tentação, especialmente por estar mais cremoso que os outros.

Fazia muito calor no dia em que visitamos San Isidro e Tigre, duas cidades próximas a Buenos Aires. O jeito (é claro) foi procurar alguma sorveteria para nos refrescarmos. A Gaudí, localizada bem perto da catedral de San Isidro, também serve alguns doces além dos sorvetes artesanais – alvo de nosso interesse. O recepiente menor, que comporta dois sabores, sai por 9 pesos. O de Framboesa estava muito bom. Já o de Chocolate com Amêndoas, apenas razoável.

No Tigre, enquanto esperávamos começar o passeio de catamarã, aproveitamos para tomar mais um “helado” na Antonio Helados & Café, sorveteria pequena com atendimento atencioso. O preço foi bem atrativo: três sabores por 9 pesos. Provamos o de Doce de Leite, o de Kinotos ao Whisky e a versão Ferrero Rocher. Todos eram menos cremosos que os sorvetes de Buenos Aires. Aprovamos o Ferrero Rocher, porém esperávamos mais dos outros dois.

Finalizamos nosso roteiro (realizado em diferentes dias, obviamente) tomando um gelado na Persicco, onde a casquinha com dois sabores é vendida por 15 pesos. A primeira impressão não foi das melhores, pois a quantidade servida foi bem diferente em cada uma das casquinhas. Mas, para nossa alegria, esse foi o único escorregão da Persicco. O sorvete de Doce de Leite Granizado superou o de Doce de Leite Caseiro, também muito bom. Banana e Mousse de Limão foram outras ótimas opções.

Sugestão do chef: não chegamos a uma conclusão exata sobre qual das sorveterias foi a nossa preferida. A Freddo levou uma pequena vantagem, mas a Un'Altra Volta e a Persicco aparecem logo atrás em um empate técnico.

Antonio Helados & Café: Estación Fluvial Tigre, local 8 – Tigre – Argentina – Tel.: (54 11) 4731-6578.
Freddo: Defensa, 901 – San Telmo – Buenos Aires – Argentina – Tel.: (54 11). Outras unidades no site.
Gaudí: Av. del Libertador con 9 de Julio – San Isidro – Argentina – Tel.: (54 11) 4747-4597
Persicco: Salguero con Cabello – Palermo – Buenos Aires – Argentina – Tel.: (54 11) 0810-333-7377. Mais três unidades.
Un'Altra Volta: Quintana con Ayacucho – Recoleta – Buenos Aires – Argentina – Tel.: (54 11) 4783-4048.

7 comentários:

  1. eae? tudo blz? sempre acompanho o seu blog e acho interessante. eu acabei de voltar de buenos aires tb e fiz um post no meu blog sobre a melhor sorveteria de lá... q eh chamada munchi´s.... se puder dar uma passada
    o endereço é: http://santacomida.blogspot.com/2010/04/munchis-helados-muy-cuidados-desde-su.html
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Delícia de post. Deu fome pra variar.

    Eu sou sorvete maníaco. E Buenos Aires é tipo o paraíso. Já provei alguns e nada bate o dulce de leche do Freddo.

    Mas de fato tem muitas boas. Gostei bastante também do mascarpone com frutas rojas da Persicco e da Volta.

    Belo post.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá descobri o blog de vocês a pouco tempo e já li quase todo.
    Que maravilha!

    Sobre esses posts de Buenos Aires estou amando pois estou pensando em visitar a capital este ano e como "gulosa" que sou quero visitar muitos lugares bem avaliados por voces.

    ResponderExcluir
  4. Olha, o Fredo é o campeão. Fui para Buenos Aires em maio de 2008 e ainda consigo me lembrar perfeitamente do sabor do sorvete de doce de leite...

    ResponderExcluir
  5. Felipe,

    Bem interessante seu post sobre essa sorveteria da fundadora da Freddo. Uma pena não termos conseguido ir pra ver se concordamos com você sobre ela ser a melhor de Buenos Aires.

    Diego,

    Uma pena as sorveteris brasileiras não estarem no mesmo nível. Acompanhamos suas dicas lá no Mondo Freddo!

    Karol,

    Seja bem-vinda! Se quiser outras dicas de Buenos Aires, é só escrever pra gente.

    abraços!

    Débora e Fernando

    ResponderExcluir
  6. Post para deixar qualquer mortal com água na boca!!

    ResponderExcluir
  7. Buenos Aires é, não só para mim, a capital mundial da Confeitaria.E mesmo não apreciando nozes, não pude deixar de voltar várias vezes ao Freddo para saborear o delicioso Budin de Nueces.è realmente para comer rezando.
    Mira

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails