14 de jun de 2009

Uma boa quermesse

Com exceção do frio, o mês de junho nos agrada bastante por ocasião das comemorações juninas.
Nos últimos anos não tem sido fácil encontrar boas festas na cidade de São Paulo. A última que visitamos não nos agradou. Os poucos quitutes tradicionais não estavam apetitosos.
Para esse ano, pensamos que a melhor opção seria escolher a festa de algum colégio tradicional da capital, até que nos lembramos da quermesse da Paróquia Dom Bosco e achamos que poderia ser uma boa pedida.
Depois de vestir muitos agasalhos para amenizar o frio do último sábado, nos dirigimos à quermesse. Chegamos cedo e, rapidamente, pagamos os R$ 3 da entrada e seguimos para comprar algumas fichas.

O espaço não é muito grande, mas, logo na primeira volta, notamos que as poucas barracas estavam fiéis às guloseimas e brincadeiras juninas.

Nossa primeira parada foi para comprar vinho quente (R$ 2), que estava bastante aromático.

Os espetinhos de carne, de frango e de linguiça (R$ 2 cada) foram assados no ponto certo e terminaram antes de serem fotografados!

Em seguida, compramos uma fatia bem generosa de cuscuz paulista (R$ 2). Pena que esqueceram de acertar o sal e ficou sem graça.

Na barraca de doces, tudo nos pareceu muito bonito. Fizemos bem em escolher curau (R$ 2) e arroz doce (R$ 2). Ambos cremosos e com sabor caseiro.

Famílias inteiras – de bebês a avós –, crianças brincando com as prendas ganhas e adolescentes escrevendo seus recadinhos no correio elegante deixaram o clima contagiante e completamente saudosista. Impossível não relembrar com saudade a época das quadrilhas do colégio.
Tomamos mais vinho quente e voltamos pra casa felizes. Pena que a quermesse da Paróquia Dom Bosco terminou no último dia 13. Mas fica uma boa dica para junho de 2010.

Sugestão do chef: chegar antes das 19h é o ideal para evitar filas. A paróquia não disponibiliza estacionamento para visitantes, por isso é preciso garimpar uma vaga na rua.

Paróquia Dom Bosco: Rua Pio XI, 2101 – Alto da Lapa – São Paulo – SP – Telefone: (11) 3022-3334

6 comentários:

  1. Tb adoro essas festividades, pena que muitos lugares e escolas deixaram de lado as tradições e nem tem mais muita coisa tipica para se provar né.

    Esse ano ainda não fui, mas a do SESC ipiranga é sempre muito boa, música, comida e pessoas. O tema de agora é sobre Cariri/CE, eu recomendo pelos anos passados.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei...
    Aqui onde moro não tem muito essas festas típicas as pessoas só querem saber de carnaval adorei as fotos e fiquei com água na boca.

    ResponderExcluir
  3. Mudam as festas ou mudamos nós?
    De qualquer maneira, só o fato de existirem Festas Juninas já deixam alguma esperança, né?
    E uma pena que sempre alguém que não tem noção de tempero é escalada pra fazer justamente o quitute mais saboroso.
    Abs e vamos postar mais. Estamos com saudades! rs

    ResponderExcluir
  4. Dani,
    Valeu pela dica do Sesc Ipiranga. Vamos ver se passamos por lá.

    Minha vida, minha cozinha,
    Tá na hora de diversificar as festividades por ai! rs

    Edu,
    Sem dúvida mudaram ambos. E, pelo menos no que diz respeito às festas, nem sempre para melhor...
    Estamos nos esforçando para postar mais, pode ter certeza!

    abs,

    Débora e Fernando

    ResponderExcluir
  5. Oi Débora! Adorei o blog de vcs, óooootimas dicas! E amei o post da festa junina, eu também adoro junho por causa das festas juninas :) Linkei vcs lá no Gastronautas também! beijos!

    ResponderExcluir
  6. Adoro festa junina. O problema é o "engordativo", principalmente para quem jurou (desta vez) seguir fielmente a dieta!
    Dê uma olhadinha no que rolou em Brasília: http://chitchatbabel.wordpress.com/2009/06/21/festa-junina-gourmet/
    Meu negócio é cozinha. Ainda não tenho o seu traquejo de blogueiro em registrar fotograficamente as coisas... mas vou chegar lá!

    Abs e bom trabalho! William.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails