12 de ago de 2009

Comemoração em Santana de Parnaíba

Nos últimos meses a nossa vida anda bem corrida. Menos tempo livre, poucas atualizações no blog e quase nada de descanso. A agitação é grande, mas temos muitos bons motivos para festejar. Por conta da falta de tempo, decidimos comemorar a boa maré de uma só vez, em um lugar sossegado e charmoso que tivesse comida gostosa, é claro. Nos dirigimos, então, para Santana de Parnaíba, cidadezinha simpática a 40 km de São Paulo.

O centro histórico é pequeno e seu conjunto arquitetônico colonial está bem preservado. Tanto que boa parte das casas, construídas entre os séculos XVII e XVIII, foram tombadas pelo Patrimônio Histórico.

A igreja da Matriz pode ser vista de vários pontos da cidade e é linda em todos os ângulos.

Demos uma volta na praça e nas ruas principais em busca de um lugar legal para o nosso almoço.
A cidade traz poucas, porém interessantes opções gastronômicas, a maioria delas concentrada ao redor da praça, pertinho da igreja da Matriz.

Primeiro entramos num restaurante português que estava meio vazio e não empolgou. Depois vimos um outro, também com comida portuguesa, mas achamos caro. O que servia comida mineira de fazenda era uma gracinha, mas não resistimos ao charme do Villa Monaco, que mais parecia um bistrô.

Estávamos nos acomodando em uma das mesas da entrada quando nos perguntaram se não preferíamos ficar no quintal. Aceitamos a sugestão e nos surpreendemos com um belo e espaçoso jardim.

O sucinto cardápio traz pratos baseados na culinária italiana.
Como se tratava de uma comemoração, brindamos com o espumante Aurora Brut (R$ 38), suave e frutado.

Durante a escolha do prato principal, soubemos que o Villa Monaco tinha sido inaugurado há duas semanas. Talvez isso justifique o serviço bastante atrapalhado.
Como entrada, escolhemos a cremosa e saborosa Polenta con Salsiccia al Vino Rosso (polenta italiana servida com molho de linguiça toscana e vinho tinto – R$ 17).

Para o prato principal, o Fernando pediu Scallopini alla Romana (escalopinhos de filet mignon ao molho rôti de cogumelos Paris acompanhado de risoto de queijo parmesão – R$ 28) mas erroneamente foi servido de Picatta al Limone (bifinhos de mignon ao molho de limão rosa acompanhado por purê de batatas – R$ 26).

Pelo fato de o prato estar apetitoso, ele não quis trocar, apenas pediu o risoto – que por sinal chegou mais rápido do que imaginávamos.
A carne estava macia e ficou ótima com o suave molho de limão. O risoto também veio caprichado.
Minha escolha foi o Salmone Grigliatto alla Erbe (salmão grelhado ao molho de ervas servido com massa ao creme com parmesão – R$ 27).

Peixe no ponto certo e bem temperado. Já a massa, que eu pensava ser caseira, era industrializada. E no lugar do molho de parmesão, também por engano, veio molho ao sugo.
Crespelle con macedônia di frutta (crepe na calda de manga, banana e morangos frescos com sorvete – R$ 12) foi a sobremesa que finalizou muito bem nosso almoço.

Dessa vez deixamos passar a sequência de falhas do serviço, afinal, naquela tarde nossa única preocupação era conversar sobre coisas boas.

Sugestão do chef: Santana de Parnaíba conta com um extenso calendário de eventos culturais e festas católicas. A de Corpus Christi é tradicional pelo belo e colorido tapete de serragem de 800 metros, sobre o qual passa uma procissão.

Villa Monaco: Rua Suzana Dias, 50 (Largo São Bento) – Santana de Parnaíba – SP – Tel.: (11) 4154-4702. Abre às quintas e sextas para o jantar, aos sábados o dia todo e aos domingos para o almoço.

13 comentários:

  1. É por essas e outras que não deixo minha terra.

    ResponderExcluir
  2. Por estes e inumeráveis outros motivos que me orgulho de trabalhar nesta cidade, inclusive fazendo o que gosto, e tenho como sonho de consumo cultivar a vida ao lado de minha esposa amada morando em uma das residências do Centro Histórico

    ResponderExcluir
  3. Me fez lembrar cidades de Minas com tantas histórias...
    Preciso visitar!!! Obrigadinha pela dica!
    Um bejim!:)
    da Vinni

    ResponderExcluir
  4. Lugar bacana, a cidade.
    O restaurante nem tanto, gastronomicamente falando. Ainda mais com este monte de "pequenos erros". rs
    Eu fico pensando: como funciona a cabeça de uma pessoa quando resolve montar um restaurante? Vocês chegaram a falar com o dono?
    Abs.

    Ps - Já agendei o programa de rádio. Vou ouvir e, ainda mais com o Julinho que parece ser uma figuraça!!

    ResponderExcluir
  5. Michel e Eurico,

    A cidade é mesmo bem aconchegante e tem um clima ótimo.

    Vinni,

    Nós que agradecemos a visita. Boa lembrança das cidades de Minas, o blog precisa dar umas voltas por lá.

    Edu,

    Conversamos com o dono antes dos pedidos, enquanto escolhíamos uma mesa. Ele parecia bem empolgado com o restaurante e avisou que estávamos entre os primeiros clientes. Na nossa avaliação, o restaurante tem potencial, só Torcemos para que já tenham ajustado o atendimento. O pessoal se esforçava, mas não conseguia se entender!

    ResponderExcluir
  6. primeira vez que passo por aqui, ótimo blog.

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente, gostaria de dar os parabéns ao blog.
    Foi a primeira vez que entrei e, qual não foi a minha surpresa em ver a minha cidade em suas citações.
    Surpresa maior ocorreu quando li o texto. A casa que vocês se referiram como "uma gracinha" que serve comida mineira é minha.rs
    Gosto de opiniões sinceras e críticas sobre o restaurante.
    Gostaria muito de recebê-los para uma visita avaliativa.

    A casa está de portas abertas.

    Agradeço a visita à cidade.

    ab
    Neto

    ResponderExcluir
  8. Já fui várias vezes a Santana de Parnaíba, mas nunca tinha visto sob esse ângulo.. adorei o lugar onde vcs almoçaram!!!!
    Pretendo seguir a dica!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Janaina,

    Obrigado, apareça sempre!

    Neto,

    Se na próxima ida a Santa de Panaíba escolhermos o seu restaurante, escreveremos aqui nossas impressões.

    Carol,

    Depois conte aqui o que achou, tá?

    abraços a todos!

    ResponderExcluir
  10. Teve um ano que fui ao Carnaval de Santana de Parnaiba, fui 10 gosto muito dessa cidade.

    www.brasildestino.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Débora e Fernando!

    Moro em Santana há 22 anos e sou completamente apaixonada pelo lugar.
    Vou me casar nessa igreja linda em outubro e já arrastei meu noivo para cá, que tb se encantou!

    Em relação ao Villa Monaco, fomos lá também e ficamos um bom tempo conversando com sr. Vicci. Ele já foi gerente do Fasano HL, Parigi, Gero entre outros. É um italiano muito simpático.
    A comida estava impecável, e quando fomos, não houve essas "trapalhadinhas". Acho que é bem como vocês descreveram, foi o início de tudo.

    Uma sugestão: vocês já foram ao Abujamra? Fica naquela pracinha do coreto, próximo ao São Paulo Antigo.
    Recomendo, viu!

    Parabéns pelo blog e por descobrirem nossa querida Santana!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. O que seria de mim sem o Google....cueguei no blog procurando por restaurantes em Santana, nunca fui pra lá. Estou indo agora e já fiz a reserva no Villa Monaco. Obrigada pela dica! Na volta conto como foi. E em breve quero ver esse Abujamra qye a Fernanda indicou acima.

    ResponderExcluir
  13. Foi realmente bem bom! Almoçamos muito bem e vimos os enfeites para a procissão! Vale muito a pena o passeio.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails