18 de jan de 2009

Sanduíches no forno à lenha

No final do ano passado a Vila Madalena ganhou mais um bom espaço gastronômico, a Melograno Forneria.

Em uma casa bem agradável, com direito a quintal com um pé de romã, o restaurante apresenta ótimos sanduíches preparados no forno à lenha e uma imensa variedade de cervejas nacionais e importadas. No cardápio, há indicação do estilo da bebida que melhor combina com cada prato.

Começamos nosso jantar com o ótimo pão de azeitonas (R$ 4 a porção com duas fatias).

Para escolher a bebida, claro, me debrucei sobre a carta de cervejas. Terminei por escolher a Wäls Pilsen, feita em Belo Horizonte (R$ 7). É uma cerveja bem encorpada e com bastante amargor de lúpulo. Na minha opinião, excelente.

A Débora dispensou as cervejas e optou pelo coquetel Melograno, feito com vodca, soda, limão e bastante xarope de romã.

O sanduíche escolhido foi o Giotto, uma combinação de shitake e cogumelos Paris com molho de tomate e mussarela de búfala (R$ 25). O sabor estava muito bom e conseguimos dividir sem sair de lá com fome.

Mas na hora da sobremesa, a dúvida era tão grande que acabamos pedindo duas. A minha foi mousse de chocolate com biscoito de café e calda de chocolate e café (R$ 12). O nome Demoiselle é uma alusão à cerveja do estilo porter produzida pela cervejaria Colorado e disponível na forneria na versão chopp.

Gostei, mas reconheço que não se compara ao pedido da Débora. A Finestra, uma mousse de chocolate branco ao perfume de romã (R$ 9), é daquelas sobremesas para saborear devagar, torcendo pra demorar pra chegar na última colherada.

E foi exatamente o que fizemos ao mesmo tempo em que degustávamos o licor de cerveja da Eisenbahn (R$ 5 a dose).


Sugestão do chef:
As cervejas especiais podem ser levadas para casa, já que a Melograno também funciona como empório de cervejas.


Melograno Forneria e Empório de Cervejas: Rua Aspicuelta, 436 – Vila Madalena – São Paulo – SP – Tel.: (11) 3031-2921 - Horário de funcionamento: a partir das 18 horas.

11 de jan de 2009

Melhores de 2008

Com um certo atraso, provocado pela correria do final do ano, publicamos agora o resultado do II Prêmio Brincando de Chef.

Para os novatos por aqui, vai a explicação: desde o início do blog, em 2007, elegemos os melhores entre os locais visitados por estes blogueiros. É uma homenagem simbólica a quem nos ofereceu as melhores experiências gastronômicas do ano. E também um “puxão de orelha” naqueles que deixaram a desejar. Confira aqui os eleitos de 2007.

Para eleger os destaques de 2008, mudamos algumas categorias, de acordo com o perfil dos locais visitados. Confira os vencedores:

Sobremesa: Creme Catalana (El Patio)

Couvert: Festival Della Pasta

Guloseimas: Brigadeiro Doceria e Café

Comfort food: Otto Bistrot

Pra esquecer o regime: rodízio mexicano do Los Chicanos
Restaurante: Ton Hoi
Bom e barato: Feira Moderna

Descoberta do ano: Empório São Pedro
Melhor do ano: AK Delicatessen

Tivemos, é claro, algumas experiências negativas, mas chegamos à conclusão que nenhuma delas foi tão frustrante para apontarmos um estabelecimento como o pior do ano. Houve, sim, um restaurante que não correspondeu às enormes expectativas que tínhamos:


Decepção do ano: Thai Gardens

O momento é propício para lembrarmos que em 2008 postamos bem menos do que gostaríamos. É que como o blog é feito por hobby, sua atualização depende do tempo livre dos autores, algo muito escasso no ano que passou.
Aproveitamos para agradecer por todas as visitas recebidas no ano passado!

8 de jan de 2009

Almoço de despedida

O último dia da viagem foi dedicado às compras. Entramos em algumas lojas de malhas e de artesanatos. Depois, passamos por empórios e, claro, por várias lojas de chocolates artesanais.
O Matterhorn, um dos empórios que visitamos, chamou a nossa atenção por também funcionar como restaurante no andar superior e servir menu especial para o almoço.

Pelo preço fixo de R$ 35 por pessoa estavam inclusos salada, prato principal e sobremesa.
Gostamos do cardápio e decidimos que antes de pegar a estrada e voltar para São Paulo, faríamos ali a nossa última refeição na cidade.
O local é um pouco escuro devido às paredes de madeira, mas perto da janela conseguimos uma mesa clara e com vista para a praça.

Logo fomos servidos de salada verde com queijo brie e molho do bosque. Era bem simples e veio com pouquíssimo queijo. Mas o molho de frutas vermelhas estava caprichado e deu um toque especial.

Como prato principal, truta ao limoni. O filé do peixe estava muito bom, grelhado no ponto certo. O molho de limão, que o acompanhava, sem dúvida fez toda a diferença por ser suave, pouco ácido e bastante aromático.

A bem-servida banana flambada com sorvete de creme finalizou nosso almoço.

E assim nos despedimos da charmosa e romântica Campos de Jordão, onde passamos dias muito agradáveis.

Sugestão do chef: no jantar, racletes e fondues são os principais destaques do cardápio. O interior do restaurante tem pouca luz e bastante madeira, o que ajuda a criar um ambiente apropriado para o friozinho da serra.

Matterhorn Restaurante, Empório e Tabacaria:
Praça do Capivari – Rua Djalma Forjaz, 93, loja 20 – Vila Capivari – Campos do Jordão – SP. Tel.: (12) 3663-1841.

6 de jan de 2009

Visita à cervejaria Baden Baden

Um opção bem interessante para quem está em Campos do Jordão é conhecer a fábrica da cervejaria Baden Baden.

Apesar de ter sido comprada pela Schincariol, todas as cervejas da marca continuam sendo elaboradas na mesma fábrica, em processo artesanal. Uma das funcionárias comanda a visita, no entanto o mestre cervejeiro está sempre por lá para responder às curiosidades dos visitantes.
Impressiona, de cara, descobrir que uma cerveja com portfólio tão amplo e uma ótima distribuição (pelo menos em São Paulo) é produzida em um espaço tão pequeno!


A visita é uma boa oportunidade para entender melhor os detalhes da produção de cervejas. Há explicações, por exemplo, sobre a função de cada ingrediente e sobre o que difere uma cerveja puro malte das outras.

Entre as curiosidades, você saberá que a Baden Baden do estilo Bock recebe adição de açúcar mascavo.
Com duração aproximada de 30 minutos, a visita termina com degustação de dois estilos de chopp: pilsen e bock.

E o melhor é que tudo isso é de graça, basta ligar e agendar um horário.

Sugestão do chef: A fábrica da Baden Baden conta com uma lojinha que vende todas as cervejas da marca e ainda uma enorme variedade de copos e camisetas estilizados.

Fábrica da Baden Baden: Av. Mateus da Costa Pinto, 1653 Vila Santa Cruz – Campos do Jordão – SP – Tel.: (12) 3664-2004. Horário de funcionamento: diariamente das 10:00 às 17:00.
Related Posts with Thumbnails