22 de mar de 2008

Frango do Peru

Frango assado ou grelhado é um prato cada vez mais popular no Brasil. Mas parece que entre os peruanos a coisa é ainda mais séria: o pollo a la brasa é considerado, por decreto, patrimônio cultural do país andino!
Um dos restaurantes peruanos dedicados à especialidade é o Roky’s, que abriu sua primeira filial brasileira há três meses e, claro, nós fomos até lá pra saber se a versão peruana tem algo diferente dos frangos nacionais.


O ambiente é simples e com boa freqüência de moradores dos prédios vizinhos. Logo na entrada já dá pra ver alguns frangos rodando na churrasqueira.

Quase escolhemos uma parrillada, mas decidimos mesmo pelo Galeto Clássico (R$ 22,90). O frango é bem temperado e chega acompanhado de um apimentado
(e ótimo) molho peruano.


Como estávamos na companhia dos nossos amigos viajantes Tony e Cecília, complementamos o almoço com 1/2 Galeto Desossado.

Esse, porém, ficou bem abaixo das expectativas: pequeno demais pelo preço cobrado (R$ 22,40, quase o mesmo que o galeto inteiro).
Cada grelhado dá direito ao buffet de saladas e um acompanhamento – escolhemos polenta e creme de milho.



O atendimento ainda precisa de ajustes, mesmo assim considero o Roky’s um digno representante da categoria bom e barato. Já a Débora e os nossos amigos ficaram meio decepcionados porque não perceberam diferença em relação aos frangos que encontramos aos montes por aí. E talvez eles tenham razão, é apenas mais um frango grelhado. Mas de vez em quando é só isso que eu quero.

Sugestão do chef: No almoço, de segunda a sexta, o restaurante oferece combinados a partir de R$ 8,50 com grelhado, uma guarnição e buffet de saladas.

Roky’s: Alameda Jauaperi, 484 – esquina com Av. Sabiá – Moema – São Paulo – SP – tel.: (11) 3477-5355

20 de mar de 2008

A vez do cacau

O chocolate da Arcor nunca foi do nosso agrado, mas ficamos curiosos quando vimos a caixa Origens de Cacau (R$ 19,10 no Extra), com três ovos de chocolate feitos com diferentes teores de cacau proveniente de três países.

Começamos pelo de chocolate ao leite, com apenas 30% de cacau da Costa do Marfim. Nos pareceu doce demais, além de pouco consistente.

O segundo que provamos leva 53% de cacau da Venezuela. É bem amargo no começo, mas depois, surpreendentemente, revela um sabor mais adocicado. Lembra um pouco os tabletes nacionais de chocolate “meio amargo”.

Deixamos por último o mais amargo deles, com 65% de cacau importado do Equador. Curiosamente nos pareceu um chocolate bem suave, mas sem muito sabor no começo. O forte amargor só fica evidente no final.

Nenhum dos três empolgou, mas a idéia é boa. Aliás, por que os fabricantes de chocolate não passam a informar o teor de cacau presente em todos os seus produtos?

Sugestão do chef: Vamos aproveitar o tema do post para desejar que todos os nossos leitores aproveitem bem o feriadão e, principalmente, tenham uma FELIZ PÁSCOA!

11 de mar de 2008

Segunda chance

Há uns três anos fomos pela primeira vez ao América, incentivados pelos elogios à lanchonete que ouvíamos de pessoas próximas. Na época, porém, saímos bem desapontados. Consideramos os hambúrgueres apenas razoáveis, nada que justificasse os preços cobrados.
Faz algumas semanas que fomos ao Shopping Pátio Higienópolis dar a segunda chance ao América. Chegamos com muita fome, acalmada por queijo cheddar, patê de ricota com manjericão e pãezinhos do bom couvert (R$ 5,20 por pessoa).

Bem gostoso também o Milk Shake Farofino, de chocolate com farofa crocante e chantily (R$ 11,70 a porção individual com 300 ml).

Além dos lanches, o cardápio oferece diversos pratos com carnes grelhadas, a maioria com preço muito alto. Mas o que interessava pra gente era mesmo os hambúrgueres. E nisso, novamente, o América deixou a desejar. A Débora pediu o criativo Veggie Burger, um hambúrguer vegetariano de quinua, abobrinha e cenoura, acompanhado de coalhada seca, rúcula, tomate e molho de romã. Tudo isso no pão integral com gergelim (R$ 17,90). O grande problema é que o hambúrguer é frito e muito oleoso.

Eu escolhi o Hot América, um cheese salada com dois hambúrgueres, molho de gorgonzola, alface, tomate, maionese e relish de pepino no pão com gergelim. À parte vieram ainda potinhos com “molho Tex-Mex” e cebola crua, tudo por R$ 18,60.

Bonzinho, apenas. Pela cidade é possível encontrar hambúrgueres bem melhores por preços inferiores.

A sobremesa escolhida foi o Frozen Snow Wish, de iogurte natural com morango e calda de amora (R$ 7,90). Dele nós gostamos.

Sugestão do chef:
se você discorda da nossa opinião sobre os lanches do América, pode ir tranqüilo à unidade do shopping Pátio Higienópolis pois o atendimento é excelente.

América:
Shopping Pátio Higienópolis – Av. Higienópolis, 618 – Praça de Alimentação – Tel.: (11) 3664-4444. E mais 13 endereços.

3 de mar de 2008

São Paulo Restaurant Week 2008

Segue até o dia 9 deste mês o São Paulo Restaurant Week 2008. Para o evento, restaurantes selecionados pelo crítico Josimar Melo criaram menus especiais com direito a entrada, prato principal e sobremesa. Custa R$ 25 no almoço e R$ 39 no jantar. A conta inclui mais R$ 1 opcional para cada cliente que queira contribuir com a Fundação Ação Criança.
No almoço de sábado fomos conferir um dos menus do evento no El Patio, simpático restaurante espanhol da rua Normandia (Moema, outra vez!).



Começamos pelo couvert, que não faz parte do cardápio do evento e custa R$ 6,50 por pessoa. Traz berinjela, pasta de azeitonas com aliche, molho de tomates frescos e um azeite de excelente qualidade. Tudo ótimo e acompanhado de pães caseiros.

A Débora não conseguia parar de comer a massinha de pizza com toque de limão!

O menu do evento começou com um leve Gazpacho Andaluz (sopa fria de tomate com legumes).


Brochette de filet mignon sobre molho de gorgonzola, acompanhado de legumes e purê de batata era o prato principal. É semelhante aos espetinhos brasileiros, porém com tempero bem mais suave e com a carne mal passada. Gostamos, apesar de preferirmos a carne ao ponto.

O melhor ainda estava por vir! Parecida com um creme brulèe porém sem creme de leite e com sabor acentuado de laranja, a Crema Catalana estava d-e-l-i-c-i-o-s-a! Na nossa opinião, melhor que o conhecido creme francês.

O El Patio também disponibiliza até o dia 09/03 um menu especial para o jantar (R$ 39). O prato principal é costela de cordeiro com risoto de cogumelos e a sobremesa, brownie de nozes.
O Restaurant Week acontece em mais de 100 cidades ao redor do mundo. Aqui em São Paulo a divulgação bem que poderia ser melhor. Algum tipo de comunicação visual nos restaurantes participantes seria muito bem-vindo, pois atrairia quem sequer ouviu falar do evento. Outro problema: no site não há informação sobre o menu criado por alguns restaurantes.

Sugestão do chef: O cardápio regular do El Patio inclui opções inspiradas na cozinha mediterrânea e pratos tradicionais da culinária espanhola. Em geral, são bem mais caros do que os R$ 25 do menu de almoço do evento. A Paella Valenciana custa R$ 35 por pessoa, já a Marinera sai por R$ 45 por cliente. Ambas são servidas para o mínimo de duas pessoas.

El Patio: Rua Normandia, 12 – Moema – São Paulo – SP – Tel.: (11) 5536-0490

Related Posts with Thumbnails